sábado, 7 de janeiro de 2017

Alinhavo sobre o joelho


Bullying ou crime?

Não posso deixar passar em branco uma situação que assisti ontem no telejornal, como muitos outros espectadores, um jovem a ser BRUTALMENTE agredido! CHOCOU- ME! Mexeu muito comigo! Acredito que aquela mãe se sinta incomodada e deva agir! E o rapaz ficará com traumas para toda a vida! Além das físicas, as emocionais. Sinto-me REVOLTADA! Por este jovem e por todos aqueles que sofrem na pele; perseguição, estigmatização, marginalização… etc. A razão? Por causa de uma namorada?! E o jovem é espancado quase até à morte?! O que é isto?! Uma aberração de jovens completamente tresloucados que ainda são capazes de incitar e filmar a cena?! Um bando de criminosos, é o que são!
Hoje há demasiada violência; nas famílias; nunca se assistiu a nada semelhante! Casamentos desfeitos, mal termina a paixão, e fazem-se filhos de cada relação que se tem. E não há paciência para educar, é muita falta de responsabilidade! São notícias de pais a matarem filhos, mães a matarem filhos, maridos ou companheiros a esmurrarem esposas até culminar na morte! Depois, nas escolas, dentro das salas de aula; são evidentes os conflitos verbais e às vezes, ocorrências de quase pugilismo; acusações mútuas, o enxovalhar gratuito, o tom agressivo com que se tratam! Até nas brincadeiras isso é notório! Como se não bastasse, surgem essa panóplia de jogos, muito violentos, uns mais que outros, de qualquer forma, especialmente os de combate, nem deviam circular! A televisão, meio de comunicação muito visualizado, transmite filmes de guerra, telenovelas em que há cenas de violência verbal, física e até assassinatos( coisa que não sucedia em tão grande escala, agora tornou-se habitual). A Internet é o que se sabe, os pais não controlam o que os filhos vêm. Tanto, que acabam por ser presa fácil até de vídeos do auto proclamado Estado Islâmico. Tudo o que é LIXO fica demasiado acessível e INCITA à VIOLÊNCIA!

Isto tem de mudar! Ou se tomam medidas a sério ou vamos continuar a assistir a mais cenas destas, degradantes e aterrorizadoras! Pense que pode acontecer com o seu filho! Não pense que só sucede aos filhos dos outros! E, por outro lado, pense, se quer ter um filho, perigoso, com cadastro para a vida toda? Um criminoso? Em quem não confia? 

domingo, 1 de janeiro de 2017

"O que é que eu desejo para 2017?"


" Desejo que a minha família e as pessoas que eu conheço e as que eu não conheço  tenham saúde, principalmente mental, que é o que nos falta a todos, acho eu. Que a sanidade seja cada vez maior para enfrentar tudo o que aí vem. Não só no nosso país, mas no mundo inteiro e que cada vez mais se possa dar mais, muito mais, porque quando damos mais, também recebemos mais. Eu gostava mesmo que o próximo ano fosse um ano em que o mundo tivesse melhor…e que toda a gente percebesse, que se calhar, o caminho por onde estamos a ir, não resulta, portanto, mais vale mudar de via, nos unirmos para ver se alguma coisa de extraordinário acontece. Óptimo 2017! “  

ML no VP 

Nina Simone. Tomorrow is my turn. (Subtitulado español)

domingo, 18 de dezembro de 2016

Era uma vez…um infante


Foste a visão mais inesperada que me aconteceu;
sorriso aberto
sol cheio
olhos de lua abundantemente rendilhada
lábios de flor em botão;
sem perder de vista os inesquecíveis caracóis;
fios em cachos apetecíveis;
tremeluziam
na fuga de mim …
em suaves brincadeiras
Tu a escapares em risadinhas
e eu fingir que não te alcançava…
Foram primaveras douradas
copiosas de Bom Humor e Amor Verdadeiro
E, quanto te cansavas
aninhavas-te ao meu colo
e eu aconchegava-te em braços de mãe amiga
a estimar  teu belo rosto de criança
a velar deslumbrada  teu segredo de menino.
PN

18/ Dez/ 2016

Nota: Um FELIZ NATAL a todos os que por aqui passam...

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

AEVP – Associação das Empresas de Vinho do Porto - 30seg TV




Reflictam comigo, façam o paralelo com a nossa vida e talvez vão encontrar mais semelhanças do que aparentemente parece conter...

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Alinhavo sobre o joelho

                                               Branca


Tia- Branca(sobrinha ) não pode continuar se comportando como uma criança birrenta, você mimou demais essa moça, Luzia. Ela agora é uma mulher mas pelos vistos se  recusa a crescer.



Pai- A sua sobrinha é voluntariosa, Alexandra!






Mãe- As jovens de hoje em dia têm muita opinião, minha cunhada!







Tia- Muita opinião e pouca educação que vem de berço.
Mãe - Branca foi educada pelos melhores tutores. Sabe ler e escrever e até fazer contas.
Pai - É !
Tia- Você não sabe cuidar da sua filha, Luzia, Branca precisa ser educada.
Pai - E...como seria essa educação, minha irmã ?
Tia - Tenho os meus métodos, vou cuidar disso.
Mãe- (melindrosa) Parece que a boa e velha Alexandra Maquet está totalmente recuperada! (tia foi vítima de rapto)
Tia- Boa nunca, velha jamais! Eu tenho a idade da experiência.


Nota ( ainda sobre Liberdade Liberdade )

domingo, 4 de dezembro de 2016