sábado, 14 de junho de 2008

Amor desprendido

Verdes ramos
Tenros ramos
Primavera florida
sob o olhar de ambos

Espuma branca
Espuma azulada
Fruto na boca
Doce dentada

Encanto jovial
Floresta virgem
Vestida de encanto
Espera o amante

Donzela prostrada
Dorme sossegada
O teu amor já vem na estrada

Publicado a 24 de Abril de 98

1 comentário:

Fernanda disse...

Gosto deste também...pelo ritmo e simplicidade.
Afinal, as coisas, simples são as mais importantes...
O Amor, o Encantamento...é que fazem da vida, uma paixão...lol