terça-feira, 22 de julho de 2008

Lenda Maldita

Num prado antigo ,remoto,longínquo...
escutam-se galopadas ao amanhecer

São Ágeis...Pesadas...Sonoras...Nítidas

Elevam ventos com um fôlego desesperado;
A caçada de um reles monstro
a uma bela donzela...
Ela abala aos tentáculos do fantasma SEM ALMA

SEM OLHOS
SEM BOCA
SEM NADA

Num ápice a força maligna prende-a
As garras densas intentam sugar-lhe o corpo frágil
O cinismo ri triunfante
Contudo...
num palpitar ansioso
o Animal encalha nas vestes longas e alvas da virgem
Assim trepando p'o cavalo
ela escapa ao vilão
que vai no seu encalço num rasto infernal
fustigando o silêncio da manhã.

Publicado

8 comentários:

lady-of-smile disse...

Estava a ler e a pensar....que descrença (O cinismo ri triunfante)
Contudo...
A bela donzela consegue escapar ..

e de novo leio Esperança.

Gostei desta lenda :)

Verónica disse...

Lol, lendas imaginárias mas infelizmente o que acontece no nosso mundo é bem pior, se todas as vítimas conseguissem escapar aos violadores ...
Obrigada lady-of-smile

Menina do Rio disse...

Tão lenda e tão real...Ainda somos vulneráveis as investidas de monstros sem alma.

Obrigada querida, pelas visitas tão simpáticas

Beijinhos de cá pra ti

Verônica

Verónica disse...

menina do rio,lamentavelmente uma lenda real!
Nós sabemos isso muito bem ,até pelos noticiários!
Beijinhos e até sempre

Parapeito disse...

Retrato bem triste do nosso mundo...aqui nem sempre se consegue escapar...

***~
(lady-of-smile...por aqui!! sempre
agarrada aos saiotes da mãe :))

Paulo Lopes disse...

Pena que a donzela escapa, assim jamais poderá ser adaptado ao cinema. Por outro lado as donzelas só escapam aos vilões nos filmes porque a realidade entorpece a fuga.
Por isso gostei.
;-)*

Verónica disse...

Agradeço a parapeito e a paulo lopes a intervenção.

O2 disse...

nem sei que te diga... qd te dá para escrever com raiva, tu és forte!

:)