terça-feira, 15 de julho de 2008

Miséria em terras Africanas

O negrinho está chorando
pois veio a guerra dos "ventos"
já não é só pressentimento
Tanto sofrimento ,até quando?

A mãe vocifera revoltada
porque todos vão embora
A sua gente é tão castigada
Pão e Paz é o que implora

A vavó guarda a mágoa
dura recordação,longas estradas...
Uma lágrima estoira prenha d'água
Só ela sabe das manhãs desgrenhadas.

Publicado

5 comentários:

Smile disse...

OLá Verónica,
venho agradecer a sua visita e a sua simpatia.
Já estive a ver por alto o que escreve aqui, lindo o que escreve.
Os meus parabéns.
Bjs

Verónica disse...

Obrigada , volte sempre.

Parapeito disse...

...Pão e Paz ...duas coisas que todo o ser humano devia ter direito
mas cada vez mais uma otopia.

Parapeito disse...

só para corrigir :) Utopia ***

Verónica disse...

É isso mesmo o Pão e a Paz fazem muita falta ! E estamos no século 21 ,não estamos?