sábado, 10 de janeiro de 2009

Unicamente para ti

10 comentários:

O2 disse...

Olha, sinceramente n sei se isto é para mim, nop, não é, n sou tão egocêntrica assim! arrr q até avermelhei (n existe a palavra, eu sei, gosto de inventa-las!)... mas é como te digo, não te conheço, mas sinto, que apesar de um visível mau feitio, deve valer a pena!

No mais, vou aproveitar e roubar este vídeo para dar a uma certa pessoa...

:)

O texto é genial, adorei.

E pronto, por hoje é tudo, como estou de férias ainda, tenho tempo para estas coisas... ainda!

:)

Beijos

Pedrasnuas disse...

Não.Não é para ti. É para uma pessoa muito Especial!
Mau feitio? Todos temos um pouco de anjo/demónio ou não será assim?

Então umas férias profícuas e aparazíveis!

Beijos

OUTONO disse...

Muito menos para mim!

Mas deixa-me dizer que esta canção serviu-me de lição. Aprendi a ouvir ...

Por vezes na surdez do nosso ser, esquecemos que não somos únicos...

Desculpa o desabafo.

Mas como declamação, não imaginas quantas vezes recorro à magia deste som???

Beijo.

Pedrasnuas disse...

Bem vindo Outono...esta canção é uma lição de humildade .
É encarar a nossa própria nudez...!O lado menos bom ...

Não somos os únicos!

Dsabafa sempre que quiseres e puderes e que isso te faça sentir bem!

Pois...à magia deste som!

Beijo

paradoXos disse...

fica este meu beijo - encantado!

Pedrasnuas disse...

Olá Paradoxos!
Beijo pelo encanto naturalmente não por mim mas pela cantora e sua canção!lol

Parapeito disse...

...como custa...que mesmo gritando nao nos ouçam...mesmo estado ao pé não nos vejam...

Gostei de voltar a escutar a Bethânia.

*****

Pedrasnuas disse...

Mesmo assumindo a culpa que falhamos ...mesmo dando a mão à palmatória...do outro lado da margem só existe ensurdecimento!Custa a crer! Mas é assim ...há quem não saiba perdoar e esquecer, há quem fuja por não ter coragem de ver mais além...
Obrigada

Anónimo disse...

...
...Ouço-te...
...Ouço-te...Anjo!
...Ouço tua voz...
...Ouço-a no recônvaco do meu ser!!!!!!!!!!!!
...Ouço-a no mais profundo silêncio!
...Ouço-te...

Pedrasnuas disse...

Belo poema de mim...