sábado, 28 de fevereiro de 2009

Afirmacões...mais um desafio!

Tenho de fazer nove afirmações...e três delas não correspondem à verdade. E mais... tenho que supor quais são as mentiras de quem me desafia??? Não sei não!!!
SMILE aqui vai ...
As tuas mentiras :

1º -Já desfilei na época do Carnaval.

2º– Já parti um dedo no local de trabalho. O mais caricato foi ter partido o dedo num cofre-forte.

3 – Já cantei num coro.

As minhas verdades/ mentiras:

4º- Não uso sapatos.

5º - Lavo o cabelo todos os dias.

6º- Não vejo televisão.

7º- Vou de moto para o local de trabalho

8º- Durmo enrolada em cobertas

9º- Faço dieta


Quem quiser é só seguir...

terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

sábado, 21 de fevereiro de 2009

Confesso...

A Tulipa dos Jardins Proibidos... desafiou-me a confessar os meus pecados... E eu tenho uma lista interminável deles!!!( prometo ser comedida nas exclamações e afins...já me chamaram à atenção!!!)

Desconfiada
Distraída
Desarrumada
Insegura
Descrente da vida e das pessoas

Esta "história " remete-me para a minha infância,quando ia ao confessionário, sem sequer ter a noção do que era verdadeiramente o pecado...mas era regra base das famílias conservadoras!e lá ia pelo caminho a olhar as pedras numa atitude meditativa... a pensar no desfile das minhas faltas ...
Então prostrava-me ao confessionário e ele ,o padre, abençoava-me e questionava baixinho
-Quais são so teus pecados?
- Bato nos meus irmãos( nada de grave,coisa de crianças)
- Digo mentiras( tinha aprendido em casa como uma mentira podia custar caro)
- Digo palavras feias( Ai de mim se o fizesse ...)
Depois da penitência era absolvida e ia para casa mais leve!
Ainda hoje não entendo porque existem punições deste género!Uma criança precisa se confessar?
A confissão foi instituída por um (bispo)? para saber o que se passava extra muros...
Não faz sentido ,mais vale uma conversa franca e honesta sem dedos acusatórios.
Afinal somos todos humanos e cometemos erros.

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

E ainda outras...

Angústias de mulheres viúvas...

Gotas de chuva desfeitas na minha boca...

Rosas transpirando Amor e Pureza!

Correntes puxadas na escuridão do dia...

Corpos arrastados e sem salvação!!!!

E eu náufraga de um mar galopante jazia!!!


O mesmo excerto

sábado, 14 de fevereiro de 2009

Outras palavras...

Melodias de Beethoven...........
poemas de camões!!!

Buracos vácuos
esmagados ...........................................


Reféns do medo

Estranguladas pela opressão

Cárceres da timidez............

Outro excerto do poema já citado

sábado, 7 de fevereiro de 2009

Algumas palavras

Espelho da alma e da fantasia...
Carruagens coloridas...
frágeis
humanas
Bailarinas graciosas
exibindo piruetas ...
...arquitectam
voltas e mais voltas infindáveis...
Sonhos, ilusões
muros altos...cristalizados
feridas...cicatrizes...
Morte e Vida

Excerto de um poema já publicado