sábado, 21 de fevereiro de 2009

Confesso...

A Tulipa dos Jardins Proibidos... desafiou-me a confessar os meus pecados... E eu tenho uma lista interminável deles!!!( prometo ser comedida nas exclamações e afins...já me chamaram à atenção!!!)

Desconfiada
Distraída
Desarrumada
Insegura
Descrente da vida e das pessoas

Esta "história " remete-me para a minha infância,quando ia ao confessionário, sem sequer ter a noção do que era verdadeiramente o pecado...mas era regra base das famílias conservadoras!e lá ia pelo caminho a olhar as pedras numa atitude meditativa... a pensar no desfile das minhas faltas ...
Então prostrava-me ao confessionário e ele ,o padre, abençoava-me e questionava baixinho
-Quais são so teus pecados?
- Bato nos meus irmãos( nada de grave,coisa de crianças)
- Digo mentiras( tinha aprendido em casa como uma mentira podia custar caro)
- Digo palavras feias( Ai de mim se o fizesse ...)
Depois da penitência era absolvida e ia para casa mais leve!
Ainda hoje não entendo porque existem punições deste género!Uma criança precisa se confessar?
A confissão foi instituída por um (bispo)? para saber o que se passava extra muros...
Não faz sentido ,mais vale uma conversa franca e honesta sem dedos acusatórios.
Afinal somos todos humanos e cometemos erros.

16 comentários:

Fernanda disse...

Olá

Todos temos a nossa parte de Insegurança...

Mas a história que contas, faz parte da nossa geração num país católico como o nosso.
Era um apêndice da educação, andarmos na catequese e fazermos a comunhão.
Eu fiz,... e confesso que ficava aterrada quando tinha que me confessar.
Não achava graça nenhuma aquele silêncio e tinha medo daquele escuro, das cores e das imagens que a Igreija tinha...
Ainda por cima, atrofiava e nunca consegui decorar a tal reza da "Minha culpa, por minha tão grande culpa"...lol
Ainda hoje não a sei rezar...lol
Enfim, foram tempos.
E, eu recordo-me que apesar de tudo os meus pais não me obrigavam a ir, eu ia porque queria,... era apenas uma questão de fazer parte do grupo que andava na escola comigo,...só isso...lol
Hoje, não faço parte da Igreija,...tenho apenas a minha fé.
Sou cristã.
Mas, não sou hipócrita...lol

Beijo

O2 disse...

Desconfiada
Distraída
Desarrumada
Insegura
Descrente da vida e das pessoas

Querida, isto não é uma lista de pecados! Isto são caracteristicas tuas, vai dai, pronto não és uma pecadora... cho que a Tulipa ainda não teve a resposta dela!

:)

Vá lá, conta ai uns pecadinhos... daqueless, dos bons!...... eheheheh

Beijão!

O2 disse...

PS: quanto ás confissões, concordo em pleno contigo, lembro-me em criança de ficar nervosa quando o tinha que o fazer, lembro-me de pensar pensar e não me lembrar de um pecado cometido, claro que ia ter com o padre e inventava! Enfim, a Igreja Católica no seu melhor.

OUTONO disse...

Errar é humano...

Desconfio sempre da perfeição...

E sou desarrumado, no constante desejo de inovar...

És igual a ti própria? Continua!

Beijinho sem confissão ou pecado.

Pedrasnuas disse...

É isso Fernanda, a história que conto faz parte do que aconteceu às pessoas da nossa geração!E há mais...mas fiquemos por aqui...
Beijo

Pedrasnuas disse...

Tens razão 02...são mais características do que defeitos...
queres defeitos?
sou má, muito má,uma bruxinha malvada e vingativa,invejosa,ranhosa,maldosa,refilona,tirana,hipócrita...
queres mais?
Tens todas as razões para fugires deste blogue.loll

Pedrasnuas disse...

02 eu era obrigada a ir à missa e por isso tinha ataques de pânico...sempre foi um lugar que me amedrontou...mais tarde voltei para saber ao certo o que sentia,comecei a conversar com Deus. Hoje nem me lembro de entrar...mas não me esqueci de Deus!Devo-lhe tudo!

Pedrasnuas disse...

Outono

Eu não diria melhor, a perfeição esconde quase sempre algo imperfeito...

grandes imoralidades e mentes doentias!


"E sou desarrumado, no constante desejo de inovar..."

Gostei muito desta frase!
Beijinho doce

O2 disse...

Ai consciência a quanto obrigas... olha sfv rezar 3 avé marias e 7 pai nossos, em jejum e de joelhos para te arrependeres e te perdoares pelos teus pecados... pq já sabes, deus que é deus, grande e misericordioso, está em todo lado, esta essencialmente em nós, e quem peca assim minha filha precisa de se desintoxicar(!), uma espécie de recauchutagem geral!

Fugir? Ainda mais?
:)))

Parapeito disse...

...tambem vivi isso....e sempre que me ia confessar ia contrariada...nao achava piada ter d estar a contar os meus erros a um homem que estava no escurinho de uma casota :)) (nao disse pecados :P)

Quanto aos "teus poecados" meninaaaa...vais ser a proxina a ser canonizada :P

(Não te via nem desconfiada...nem descrente)

UM abraço***

Eu sei que vou te amar disse...

Confesso...uma forma de aliviar a alma...direi apenas com Deus! Confesso minha linda que gosto de pessoas como tu, que desnudam a alma de uma forma sublime, sem mascaras apenas tal como es!
Um beijo doce

Pedrasnuas disse...

02,ainda ouço o padre dizer ...tantas avé marias e por aí fora...

Pedrasnuas disse...

Parece que passámos pelo mesmo Parapeito...
o escurinho da casota...ainda lhe sinto o cheiro...e a Semana Santa quando todos envergavam o luto e ninguém se atrevia a rir ou a falar alto!
Era trágica para mim! Sentia-me culpada pela Morte de Cristo...enfim...como se tivesse ido lá crucificá-lo !
Canonizada? Nem pensar!Um diabo como eu ser canonizada!?
Sim ,desconfiada e descrente...já fui bem pior...ando a me corrigir!

Um abraço

Pedrasnuas disse...

Naela,obrigada por tão bem me saberes ler e compreender!

Gostei do novo visual ,se bem que aprecio mais aquela só do rosto!Nessa foto pareces uma princesa à espera de um belo príncipe...

Beijinho doce

ParadoXos disse...

há ali algo de mim nas tuas palavras!!
semelhantes... como eu!
beijinhos fraternos!

Pedrasnuas disse...

Olá Paradoxos!