sábado, 14 de fevereiro de 2009

Outras palavras...

Melodias de Beethoven...........
poemas de camões!!!

Buracos vácuos
esmagados ...........................................


Reféns do medo

Estranguladas pela opressão

Cárceres da timidez............

Outro excerto do poema já citado

4 comentários:

O2 disse...

Melodias de Beethoven, sons de feitiços
ao acordar,
poemas de Camões.

Buracos,
vácuos
esmagados por multidões,
aos tropeços,
histerismos de arremesso.


Reféns do medo,
lágrimas de criança.
Estranguladas pela opressão,
demasiado cedo.


Cárceres da timidez,
perante a altivez.

Generais sem medo,

Asas de poema no desassossego.


(porque a poesia sempre foi sempre será uma forma de comunicação...)

Beijo no sopro de um poema.

OUTONO disse...

Apesar de excerto...forte é a marca!

Beijinho.

Pedrasnuas disse...

02 ...bem, desta vez surpreendeste-me a sério!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Que maravilha de criação!!!!!!!
Agora quem está de Parabéns és tu!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Beijo no sopro de mais poemas...

Pedrasnuas disse...

Outono

sempre igual a ti mesmo. Tu é que já tens uma marca bem vincada!!!!


Beijinho