sábado, 9 de maio de 2009

Podes ir mas...

Vai por aí...
E se por acaso tropeçares
em fragmentos
magoados...
rasgados...
esfiapados...
desbotados...
Fazes-me um favor?
Levanta-os do chão...
toma atenção...
e um certo cuidado
Faz-me falta para completar
a minha nudez maltratada


Public em 95

8 comentários:

clic disse...

Às vezes, é melhor deixá-los ficar...

ADiniz disse...

tolsilQuando soube de sua nudez
solta em fragmentos,
corri até meu jardim,
apanhei as camélias,
fiz delas um travessero
para juntar-te pedaços que
de fato te fazem falta.

Abraços fraternos meus.
Boa Noite, Pedrasnuas.

Pedrasnuas disse...

DEIXÁ-LOS IR POR AÍ? SOZINHOS SEM MIM...NÃO SEI CLIC...NÃO SEI..:)))

DINIZ...FOI AO SEU JARDIM E ENCONTROU-OS?! PROVAVELMENTE ESTARIAM DENTROS DAS PETÁLAS DAS LINDAS CAMÉLIAS
OU NOS CABELOS DAS AMÉLIAS...

ABRAÇOS SENTIDOS

Nilson Barcelli disse...

Passei por aqui e gostei da tua poesia.
Parabéns pela tua inspiração e criatividade poéticas.
Beijo.

Pedrasnuas disse...

AINDA BEM QUE PASSASTE POR AQUI NILSON...

Parapeito disse...

...é sempre dificil....deixar ir :)

Um abraço**

Su disse...

levanto.os...............sim


jocas maradas

Pedrasnuas disse...

UM ABRAÇO AMIGO PARA TODOS OS QUE VÊM CÁ...