quinta-feira, 25 de junho de 2009

Outrora

I
Trago nos olhos sonhos vividos
as mãos atadas em poesia
Meu coração lateja envelhecido
cheiro a lânguida maresia
II
Meu amor possível no céu
rosa brava por desfolhar
Minha sina a cigana leu
meu poeta deixa teu coração declamar
III
Pudesse eu entregar-te meu fado
com lábios mudos de espanto
Um amor que foi fogo ateado
lava escorrida num mar deslumbrante...
IV
A mágoa esqueço quando estou contigo
teu jeito acolhe-me com doçura
Se desminto a verdade... não sei que digo
em meus braços sinto-te nua e pura
V
Estendo-te os braços,peco compreensão
minha vida é desvairada ventura
Minha alma delicia-se com feroz emoção
nesse sorriso prenhe de candura
VI
Na curva final beijo-te a boca
minha alma caída vai chorando
Chamo-te aos gritos como uma louca
Seguro-me à vida ...finjo cantando...
Publicado em 98

9 comentários:

Tatiana disse...

Em mergulho feito na leitura de suas palavras... reconheci em sua poesia muito do que venho sentindo...

Uma poesia que exala emoção!

Um beijo de quem te deseja o melhor!

Pedrasnuas disse...

ENTÃO TATIANA...AGARRA-TE À VIDA...

DESTE LADO UM BEIJO DE QUEM TAMBÉM TE DESEJA O MELHOR

Glória Müller disse...

Demaisss, Lindo!!! Ufa... é tudo de bom!
Bjos
Glória

Pedrasnuas disse...

É ISSO ...É TUDO TÃO BOM...UFAAA
:)))
BJOS GLÓRIA

clic disse...

Momentos... :)

OUTONO disse...

Deixa-me rimar contigo...sereia
Neste embalo de poesia latejante
Neste ler constante que medeia
A palavra alma canto d' amante!

Beijinho

Pedrasnuas disse...

OUTONO...ABANDONAS-ME ASSIM...SEM PALAVRAS PARA MIM?
ROUBAS-ME AS RIMAS E DEIXAS-ME SEM NADA,SEM ROUPAGEM!...ENFIM...

MUITO LINDO,DOU A MÃO À PALMATÓRIA...CONTRA FACTOS NÃO HÁ ARGUMENTOS...

BEIJINHO

Nilson Barcelli disse...

Em 98 ainda não te conhecia.
Gostei que tivesses publicado de novo este belo poema.
Boa semana, beijo.

Pedrasnuas disse...

SE REPARARES ANDO A PUBLICAR DE NOVO TODOS OS POEMAS...

AINDA BEM QUE ME APRECIASTE,TU QUE ÉS UM GRANDE POETA ,MAIOR QUE EU...

BOA SEMANA
BEIJO