terça-feira, 28 de julho de 2009

O FEITIÇO DA LUA

NESTE CÉU DE AZUL ESCULPIDO
TEUS OLHOS PRATA ABREM UMA PORTA
PARA UM MUNDO TRANSIDO

E QUE MAIS IMPORTA
AGORA QUE TE ENCONTREI
ATÉ AO FIM DO SONHO IREI

MESMO NUM SALTO VERTIGINOSO
SUBMIRJO EM TI ATÉ AO FUNDO
COMO SE FOSSES UM LUGAR VENTUROSO

DEIXO-ME IR NAS TUAS ASAS
E NAS BRASAS DE UM VENTO
QUE NÃO É FEITO APENAS DE UM BREVE MOMENTO

ACREDITO...

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Desenlace

ADEUS POESIA
ATÉ OUTRO DIA
ACABOU SENHORA ESPECIAL
É MESMO O ADEUS FINAL...
'
ASSIM, SEM MAIS NEM MENOS...
A TORNEIRA SECOU
A GARGANTA INCHOU
A CIGARRO APAGOU
E O MEU CORAÇÃO
NO
PEITO AMORTALHOU...

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Terminus

Não há nada que eu possa dizer

Para escutares meu pensamento

Meu coração esconde sem saber
Um doloroso e triste sentimento

'

Abro as portas do esquecimento

nego recodações amigas

Esforço-me por estrangular o tormento

Do fundo emergem imagens antigas

'

Resto-me gelada e nua no leito

Arrancando a mágoa dura do peito

e numa derradeira certeza

'

sob o signo da ficção ouço teus passos

e assim deixo morrer a sede em teus braços

Noite finda, madrugada acende o sol com subtil leveza

Publicado em 96

domingo, 12 de julho de 2009

UM AMOR

VAGUEAVA BOLIANA COM AQUELES OLHOS CELESTIAIS
UMA TARDE SURGUIU ABRONO SEU POETA
- DONZELA MINHA QUE NAS VOSSAS MÃOS GUARDAIS?
INCRÉDULA ...ESTACOU INDA COM AR PATETA
'
- QUE FAZEIS AQUI NO CEMITÉRIO?
- NÃO PEÇAS POR MINHA ALMA...
DEPOIS PROFERIU COM AR SÉRIO:
-SERÁ MELHOR FICAR CALMA...
'
BOLIANA - DISSE ELE- VEJO AS RÉDEAS NA MÃO
ONDE ESTÁ MEU CAVALINHO?
- PERDOAI SENHOR MEU AMO
ENVENENEI EU PRÓPRIA SEU COPO DE VINHO...
'
- CONFESSAI AGORA VOSSO ACTO MESQUINHO!?
- MINHA PASSAGEM SEGUIU OUTRO DESTINO...
APROXIMOU-SE E APERTOU-LHE O PUNHO
- ABRONO, FOI POR UM AMOR AMORDAÇADO...
'
- CEGO FUI QUE NÃO NADA VI... FALAI -ME AGORA DESSE CANALHA
- NÃO FOI COM UM HOMEM QUE PERIGOS VIVI
- AGORA COM O CÉU POR TESTEMINHA ...NÃO TEMAIS... NÃO O LEVO À FORNALHA
'
-SENHOR ,GENTIL SENHOR, AMADO DE AMIGO FOSTES
SÓ QUE FOI ELA QUE DORMIU NA MINHA CAMA...
-NÃO VOS ENTENDO BOLIANA...
-ABRONO,MEU AMIGO,MEU CORAÇÃO PERDEU-SE POR UMA BELA DAMA.

quarta-feira, 8 de julho de 2009

UM ADEUS QUE NÃO FOI ADEUS

A VIDA GALOPA PARA DENTRO DOS DIAS
O CÃO SALTA...
O CÃO DANÇA...
O CÃO RI ALEGREMENTE...
O CÃO FALA...
O CÃO BEIJA FLORES
DEPOIS...
O CÃO TREPA O MURO
E RESVALA NO ACIDENTE
V A Z I O
O GRITO QUE NINGUÉM ESCUTOU
A DOR QUE NINGUÉM PRESENCIOU...
E FICA A MÁGOA DE O VER BALANÇAR
NO SEU CORPO BRANCO E OLHOS AO LUAR...
O MENINO TRISTE SENTA-SE A SOLUÇAR!

sábado, 4 de julho de 2009

Skipy

O cão da família morreu hoje, meu pai e eu encontramo-lo pendurado do muro, asfixiado pela
coleira...
Foi uma cena muito deprimente...ele era novito quando veio para casa, há mais de dois anos que partilhava connosco as tardes alegres de Domingo... tinha uma corrida surpreendente...muito veloz...assemelhava-se ao rei da selva... muito brincalhão atirava-se , trepava-nos até à cintura e chegava aos ombros... até eu que tenho a fobia dos animais...deixei-me conquistar por ele...às vezes chegava a comentar que ele devia ser hiperactivo... no entanto demonstrava a sua ternura lambendo-nos as mãos,o rosto ,os cabelos...abraçava-nos pela cintura e depois encaixava carinhosamente o focinho à espera de mimo ...nunca ladrava nem assustava ninguém...
Vamos sentir muitas saudades tuas...coisa que nunca imaginei ...

quarta-feira, 1 de julho de 2009

Uma Ilha

Do alto mar erguida
sempre cheia de fulgor
Está pronta para a lida
Amanhece no hino do galo-cantor

Quem nela se deleitar
e para não esquecer
Leva saudades de matar
vai recordá-la até morrer

Assim fico solteirinha
em busca de um sentido
até pareço uma viuvinha

a chorar pelo seu marido!
acautelem-se...Ela rouba-vos os namorados
para de seguida troçar dos corações abandonados...

Publicado em Julho de 96
Hoje dia da Região Autónoma da Madeira