quarta-feira, 1 de julho de 2009

Uma Ilha

Do alto mar erguida
sempre cheia de fulgor
Está pronta para a lida
Amanhece no hino do galo-cantor

Quem nela se deleitar
e para não esquecer
Leva saudades de matar
vai recordá-la até morrer

Assim fico solteirinha
em busca de um sentido
até pareço uma viuvinha

a chorar pelo seu marido!
acautelem-se...Ela rouba-vos os namorados
para de seguida troçar dos corações abandonados...

Publicado em Julho de 96
Hoje dia da Região Autónoma da Madeira

2 comentários:

clic disse...

Linda homenagem!... :)

Tatiana disse...

Assim muitas vezes somos nós... Como uma ilha de encantos!

Um abraço carinhoso e um ótimo Fim de semana para você!