domingo, 7 de fevereiro de 2010

É verdade...a opção é nossa.

8 comentários:

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

Adorei!
A mesma idade no cartório mas idade diferentes no coração!

Beijo!

=)

Teresa disse...

Está fantástico. Realmente, a velhice não tem de ser o abandono, o pessimismo, a solidão. Ainda há tanto para fazer!
:)

Chris disse...

As palavras mascaram por vezes o que "sensu comum" lhes dá. São tantos os exemplos como preto ou negro, gordo ou obeso... por aí fora. O sentido pejorativo está na cabeça de cada um...
Andei hoje a desbravar os "teus ensaios" e gostei.
Quanto ao meu comentário do "sei lá" refere-se à mensagem que me transmitiu a foto, de alguém torturado, por isso digo que recordar a tortura não vale a pena...
Uma boa semana
Chris

Angela Reis (Luna) disse...

Belíssimo vídeo!!

Um convite a reflexão.

Tenha um domingo de paz e abençõado início de semana.

bjos no coração =*

Nilson Barcelli disse...

A melhor opção é que a nossa vida começa agora. Sempre...
Gostei do vídeo.
Beijos.

Valéria disse...

Eu já imaginava que seria assim, o que sentimos por dentro não é o mesmo que a idade real que temos...o video emociona.

BeijooO'

Parapeito disse...

...somos velhos...no momento em que deixamos de Acreditar...não interessa a idade cronológica..Há quem ja "nasce velho"
Um abraço***

VANUZA PANTALEÃO disse...

Eu não esperava chegar lá, mas estou próxima, muito próxima.Porém, tranquila, fiz o que pude e o que deixei de fazer, entreguei a Deus.
Ninguém é perfeito!
Amei o vídeo e a música!!!