sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Por ti...

As tuas mãos trémulas e frias
repousam carinhosamente nas minhas
aquecidas em lume brando...
na paz destes dias...
Expulsa essa nostalgia
sou de novo tua alvorada
teus olhos nublados enchem-se de maresia
e eu choro de comoção e alegria...
Desmancha a ruga sombria
que no sobrolho fez ninho
meu peito segura teus cansaços
agora sou eu que te dou carinho...
e que amparo teus passos.

10 comentários:

Ana disse...

Parabéns!
Belo momento de inspiração!!

Brown Eyes disse...

Pedrasnuas havia um encontro para dias, não era? Já aconteceu ou estás a prepara-lo? Estes versos lindos têm a ver com isso, não é? Beijinhos

Pedrasnuas disse...

BROWN ...O POETA É UM FINGIDOR...
TAMBÉM EXISTE O AMOR MATERNAL...

BEIJINHOS

Brown Eyes disse...

Pois, tens toda a razão. Bjs

JPD disse...

Um poema admirável.

Parabéns!

Saudações

Nilson Barcelli disse...

Um belo poema de amor querida amiga.
Não dá para ver que tipo de amor é que falas, mas é amor...
Boa semana, um beijo.

Tatiana disse...

É tão bom quando temos a confiança de ter alguém que olha e zela por nós.
É assim que pretendo ser para aqueles que me amam.
Um beijo carinhoso de quem te admira muito!

Angela Reis (Luna) disse...

Oi amiga,

A história de Isaura foi baseada num fato real. É uma história triste e o meu desejo é que Isaura tenha uma segunda chance numa outra vida ao lado do seu amado. Uma oportunidade de ser feliz.

Obrigada por sua visita =*

Lindo seu texto, quanta ternura escrita em cada linha de teus versos "...agora sou eu que te dou carinho e que amparo teus passos.." pelo que pude observar dessas linhas foi em homenagem a teu pai ou mâe. Lindo e terno amor!! Jesus te abençõe! =*

bjos no coração

direitinho disse...

Bom dia
Percursos cruzados.
Publiquei ontem um poema com o titulo = pedras nuas = e Ricardo Calmon perguntou se eu conhecia o Blog Pedras Nuas.
Vim procurar e encontrei-te.
Dos três este foi o que mais me agradou. São diferentes e encantadores também os outros.
Vou seguir-te e beber aqui alguns raios de sol em poesia

Et disse...

Transmites toda a emoção que as várias formas de amar provocam na nossa alma!

Beijo de luz