quinta-feira, 27 de maio de 2010

Ilusão partida


Encanto quebrado
romance sinuoso
lençol rasgado
ósculo sulfuroso
'
Boca deserta
voz calada
gelosia aberta
Fome aperta
'
Cais de maldição
navega barquinho
louca ondulação
ali pertinho...
'
Destina-se a Espaço Aberto

22 comentários:

Mari Amorim disse...

Olá!
Linda postagem,a verdadeira forma de fotografar é o registro com as lentes da alma.
Boas energias,
Mari

Chica disse...

Muito linda tua poesia e participação! Um abraço,tudo de bom,chica

Tatiana disse...

Li...reli e algo em mim ainda teima em perguntar: Qual a razão de nossa ilusão?

Um beijo carinhoso para você!

orvalho do ceu disse...

Olá,
Também estou participando da Blogagem Coletiva...
"Encanto quebrado... voz calada... maldição"...
Aqui pertinho...
Que maravilha!
Sentimentos são alguns comuns...
Bjs e tenha muita serenidade!

Carmem L Vilanova disse...

Linda foto!
Lindo poema!
Belíssima participação desta blogagem coletiva...
Beijos, flores e muitos sorrisos!

Deia disse...

Tão lindas as suas rimas, Pedras Nuas! Asorei sua participação! Um beijo, Deia

•.¸¸.•*♥*•.¸¸.• Sanzinha •.¸¸.•*♥*•.¸¸.• disse...

Todos temos, em algum momento da vida, sentimentos como esses.
Eu gostei do seu poema. E a foto ficou ótima.

Muito obrigada por participar com a gente. Beijo grande!

Manifesto Interno disse...

Belíssimo poema,
somos tão diferentes e iguais
nos nossos sentimentos e partilhas!
Posso me ver no fundo desse copo,
e nas notas desse canto...

parabéns,
Ester.

Deia disse...

Menina, o egípcio era MUITO velho para uma criança de 22 anos, além disso, fiz escolha muito melhor aqui no Brasil - valeu a pena a bendita "ordem religiosa" ! Volta lá no post, ele é o homem à esquerda na foto, de barba. Um beijo, Deia

Gilmar disse...

Os versos me remetem à perda, ao encantamento dissipado.
"Boca deserta, voz calada". Quantos sentimentos perpassam tais palavras... quantas metáforas são permitidas!
É da alma do poeta suavizar a dor, tornando-a poesia. Uma instigante poesia!

Wilson disse...

Olá, amiga..

Obrigado pela sua participação!

Adorei o poema lí tres vezes ...muito bem feito.

Parabéns!

Te desejo um final de semana maravilhoso, cheio de muito amor, luz e paz.
Deus esteja sempre contigo!
Beijos!

Majoli disse...

Que linda sua postagem na blogagem coletiva.
Ilusão, algo que insiste em morar conosco.

Sua poesia é linda.
Parabéns.
Beijos.

AC disse...

Pois é, às vezes temos que ir em busca da ondulação. O conformismo é avesso à sensação, à descoberta...

Kelly disse...

Vim conferir sua participação na blogagem coletiva, adorei seu texto e sua foto, abraço

Tempestade disse...

Simples e verdadeiro e não menos emocionante.
Bela participação.
Beijos Tempestuosos!

Fernanda disse...

Gosto da tua poesia...

Gosto!!!...

Beijo e uma boa semana

angela disse...

Muito bom seu poema.
Sua postagem ficou muito bonita.
beijos

Espaço Aberto disse...

Agradecemos a sua participação na Postagem Coletiva!
Venha conhecer o novo ganhador no Sorteio do livro e aproveitar para conhecer o nosso entrevistado. Uma pessoa maravilhosa que sentimos muito orgulho em poder chamar de Amigo!
Um abraço carinhoso

Flávia disse...

Que belo poema!
Admiro quem tem o dom de escrever versos rimados. Parabéns pelo texto.
Bela participação.
Beijos

Andreia disse...

Olá,
poeminha muito bem construído e rimado ao sabor do vento, perfeito.
Parabéns pela encantadora participação.
Terno beijo para ti...

VELOSO disse...

Mary me empresta seu comentário para eu não passar vergonha... Linda poesia!

VELOSO disse...

Amiga os comentários roubados acim foram para você, isso é concordo com o que a Mari falou é muito dificil captar um momento uma emoção é preciso ter muita sensibilidade registrando com as lentes da alma do coração, voc~e uniu isso a uma linda poesia!Brigadão pela visita!