terça-feira, 1 de junho de 2010

O vazio do presente

Nos tempos que correm...não existe direita nem esquerda. Os partidos políticos não interessam para nada. Não possuem qualquer peso...A economia controla, comanda,ordena...Somos um anão perante um gigante "adamastor"...um reles monstro impiedoso, ameaçador ...criado por homens...uma criação aberrante...é caso para dizer"Os deuses estão loucos..."
É urgente inventar um novo modelo de economia......estamos num autêntico beco sem saída...
Nesta selva cada um procura a sua bóia de salvação...
Para:http://fabricadeletrasepalavras.blogspot.com
A propósito do comentário da Helga...ainda bem que me lembraste...obrigada

13 comentários:

Deia disse...

Querida, se está duro aí, imagina como anda por aqui! Um beijo, ótima semana, Deia

Poetic GIRL disse...

Dia a dia o nosso presente vai sendo esvaziado, tudo culpa deste nosso governo que não sabe governar! bjs

Ana disse...

Olá!!
Concordo plenamente contigo!
Ah! Esta está aprovada:-))
Bj

AC disse...

É tudo isso, mas há mais. Melhor e pior.
Do pior, pelo óbvio, estamos conversados. Quanto ao melhor, este é mais difícil observar-se. Carece de lucidez, perspicácia, esperança. Porque está quase tudo por fazer. Mas, no meio das ruínas, há sempre um fio de luz, uma planta que cresce, uma mão estendida, um olhar visionário...

Catsone disse...

Pedras, esse sentimento está a espalhar-se rapidamente pela sociedade. Talvez tenhamos que levantar a cabeça e olhar as conquistas do passado para lembrarmos que fomos, e ainda somos, um grande povo... temos é que nos livras das ervas daninhas ;)

Natália Augusto disse...

Que texto mais a propósito da situação política e económica que vivemos.
Estamos a pagar o preço da globalização e o governo da nação por mentirosos compulsivos.
Que tal uma nova revolução? Pacífica, claro!

Nilson Barcelli disse...

O pior mesmo é encontrar uma saída para tudo isto.
Beijos.

Andreia disse...

Olá menina,
obrigada por tua visita e carinhosas palavras lá no meu cantinho.
Pedras, amanhã vou verificar se basta apenas o número da conta para que envies dinheiro de Madeira para o Rio e depois te digo o que é necessário e envio o número da conta.
Muito obrigada por estar conosco apoiando e ajudando estas pessoas que tanto precisam de nós.
Juntos movemos montanhas!
Terno beijo na alma querida...
Que Deus te proteja hoje e sempre!

MZ disse...

O maior problema é a solução para tudo isto... a situação está para além do Continente e Ilhas...

Helga disse...

Houve alguém que cantou (Lenita Gentil se não estou enganada) - Eles foram tão longe e ficámos tão perto de sermos alguém.

Ficámos. Lutámos. Revolucionámos. Mudámos. No entanto, ficámos parados. Já não há heróis - disse outro alguém - Heróis que consigam, levantar a moral dos impérios caídos.

Eu digo - é urgente atitude! Como? Quando? Onde? Não sei! Se eu soubesse, garantidamente a realidade seria outra. Penso que o meu sentimento é unânime e partilhado por muitos.

Fomos tão longe e acabámos vazios!

Beijinhos :)

Lala disse...

no entanto continuamos todos no vazio dos nossos dias que nada de novo ou melhor nos trazem...

Beijinho**

Helga disse...

Ficou excelente. É uma grande música, de feitos heróicos e esquecidos... apagados pelo vazio em que nos fomos deixando mergulhar.

Obrigada eu, por a recordares tão bem.

Um beijinho :)

legalmente loira... disse...

Sempre me vem milhares de pensamentos e emoções quando leio suas palavras.
Bela música...para pensarmos....
otima semana com bjos.