sábado, 19 de junho de 2010

Sou um monstroooooooooo

A- Queres brincar comigo?
L- Pode ser...
A- E vamos brincar a quê?
L- Não sei...
A- Dá-me uma ideia..
L- Apetece-te o quê?
A- Qualquer coisa!
L- Às escondidas?
A- Não!
L- Deixa ver...Às corridas?
A- Não sei...
L - Se não sabes...
A- Tu sabes sim...
L- E o que é que eu sei?
A- Que estás dentro desta casa...
L- Pois estou.
A- A casa é grande!!!
L- E tu estás comigo.
A- Pois estou...
L- E que mais?
A- Estamos os dois sozinhos...
L- Só nós os dois?
A- Sim...
L- E então?
A- Tu és enorme...enorme ...és uma mulher gorda..gorda
L- Ui...não sei se gosto disso...(rimo-nos os dois)
A- Mas tu és gorda mas tão gorda que não cabes nesta casa...
L- Pior ainda ...(rimo-nos de novo)
A- E tens barba ...
L- Eu com barba?!(gargalhadas) - isso é estranho...
A- Sim...uma barba quadrada...
L- E fico bonita de barba quadrada?
A- Ficas lindo...(risos)
L- Agora já sou homem?
A -Sim, agora és homem...de barba quadrada...
L- E quem cortou quadrada?
A - O aparador de relva...a máquina de cortar relva!
L- Mas porquê essa máquina?
A - Ora tu és gorda ...ou já te esqueceste?
L- Para além disso que mais tenho?
A- Pêlos no corpo (nova gargalhada)
L- Ai...sou homem peludo?
A- Sim ,és...
L- Então sou macaco?! (rimos ambos)
A- Sim, um macacão!!! (nova gargalhada)
L- Estou a ficar peluda ,escura e feia!!!
A -E gorda!!!
L- Ei...uma desgraça nunca vem só...
A - E não cabes nesta casa...
L - Porquê?
A - Tens uma cauda grande...grande...
L - Isso já é um monstro... (rio)
A - Um monstro lindo!!!
L- Bem...pelo menos é lindo...mas só se for aos teus olhos...
A- Para mim sim...
L- E o que se segue?
A- O monstro rebenta a casa....de tão grande...
L - Até já começo a ter medo de mim mesma...(rimos os dois)
A- Não precisas...eu não tenho...
L- Assim fico mais animada.
A- Depois cais de tão pesada...
L - Ai
A - Pois...
L- Então não me mexo com esse peso todo em cima?!
A - ....(gargalhada)...depois...

10 comentários:

Deia disse...

Que história mais cativante! Encantada estou com a brincadeira de criar o "monstro" - mas veja lá, é um monstro amigo, simpático. Pena que a casa cai! Como dizemos aqui no Brasil: coisa mais linda! rsrs. Um beijo, Deia

Santa Cruz disse...

Menina: lindo trocadilho, só não gosto da Palavra monstro, mas acho que isso de mostro e gorda é uma forma de expressão.
Um beijo
Santa Cruz

Ana disse...

UUUUUUU que medo do mooonnnstro.
Imaginação não te falta. Tanta, tanta,tanta.
Olha, sabes que temos blogues iguais? Vi hoje, quando abri o teu!!
Bj

AC disse...

Há mil e uma formas de dizer "GOSTO DE TI!", e todas elas tocam fundo.
Lindo!

Helga disse...

Um momento que transformou os monstros gordos, em ternura e carinho, mesmo de barba quadrada.

Obrigada pela partilha.

Beijinho :)

Anónimo disse...

www.chocolatechantylly.blogspot.com.
bj

JPD disse...

Belíssimo diálogo.
Aposto que a criança inspiradora é aquele menino que temos vindo a conhecer.

Bjs

legalmente loira... disse...

amiga,
dialogo interessante!!
deva ser um montro imaginario deste lindo menino escondidinho e que esta para atacar.
coisa fofa!
beijos da rita.

legalmente loira... disse...

bom dia lindo montro.
bjos com carinho.

Espaço Aberto disse...

É com grande alegria que viemos te convidar, mais uma vez, a participar conosco da blogagem coletiva do mês de Junho, cujo tema é

"O que você faria se, por um dia, se tornasse alguém do sexo oposto?"

A blogagem tem início hoje e vaí até sexta-feira, dia 02 de Julho.
Ficaramos muito felizes em tê-la conosco novamente!

Beijo grande!

Sanzinha