quinta-feira, 22 de julho de 2010

Nesta ânsia...

HOJE
NÃO ONTEM
TALVEZ AMANHÃ
SABEREI...
O SALGADO DAS LÁGRIMAS
QUE CULTIVEI
NO CANTEIRO
E AS FLORES HÃO-DE GERMINAR
E TU SERÁS UMA PAPOILA
DE OLHOS VARDES
E CABELOS VIOLETA
E PELE LARANJA
E SORRISO FÁCIL...
E RISO DESPRENDIDO
NO ALVORECER
SUBMERSO
EM DESEJO SACIADO

12 comentários:

legalmente loira... disse...

pedras,
lindo demais!!!
E AS FLORES HÃO-DE GERMINAR
E TU SERÁS UMA PAPOILA
DE OLHOS VARDES
E CABELOS VIOLETA
E PELE LARANJA
E SORRISO FÁCIL...
perfeito..tudo sers lindamente germinado.
um lindo dia com bjos meus....

Luís Coelho disse...

Poema simples carregado de magia e encanto - um jardim.
Saberemos algum dia o sabor das lágrimas, dos risos e dos desejos salgados...?

Ana disse...

AS flores germinam sempre, regadas com lágrimas de sal, de orvalho ou de saudade...
E que história vem a ser esta de nos abandonares, ó papoila do jardim mais lindo do Atlântico?
Hummmm.... parece q estás a precisar de sair desse jardim e vires visitar o continente...
Bjs

Valéria Sorohan disse...

Sempre germinará, e há de colher os frutos.

BeijooO

Deia disse...

Não fazem distinção se é de chuva ou de lágrimas que são regadas. Às flores cabe apenas a tarefa de germinarem. Comovente poema, Pedras!! Um beijo, Deia.

Em@ disse...

As lágrimas para além de limparem a alma podem dar origem a coisas muito bonitas...

beijo

Mgomes - Santa Cruz disse...

Ei Menina. Você é fogo, lindo poema belo de mais. Bom fim de semana para ti.
Um beijo
Santa Cruz

AC disse...

Se a sementeira for sentida, a colheita trará sempre consigo a recompensa em forma de cores e aromas...

Beijo

Barbara disse...

Macio.
Um leito em palavras mas a papoila me faz um pouco , querer sê-las.
É referência do momento mais drástico de minha infância.
Coloquei papoilas sobre o corpo de minha mãe morta.
Por isso voo com elas e encontrá-las aqui, é outra referência.
1 abraço e digo : amei ter vindo.

Manuela Santos disse...

Todos os sonhos se onde cumprir um dia e este é lindo demais, tb eu gostava de ser uma papoila, assim com esses detalhes mágicos.
Beijinhos,
Manuela

AnaMar (pseudónimo) disse...

Ensaio sorrisos enquanto te leio e ...sei lá ;-))
Beijos daqui.

Sil.. disse...

E as flores germinam lindas, mesmo que regadas a lágrimas de sal.

Lindoooooooo, lindo!

Um abraço meu!