segunda-feira, 6 de março de 2017

Alinhavo sobre o joelho

Festival = Festa de amigos para amigos.
Participantes = Algumas vozes sonantes e estreantes = Canções sem qualidade.
Vozes grandiosas de jovens mas em poemas imperceptíveis ?
Posturas em palco = Alguns sem postura?
Houve quem se esquecesse onde se encontrava … devia imaginar-se em casa. A voz salvou-se mas o poema não! Sem a utilização de uma maquilhagem, vestindo escuro… com um aspecto demasiado pesado… sem brilho, sem cor… ?
Apostei no Pedro Gonçalves! Para mim, o único, postura e voz mas canção em inglês = Erro? = Pode ser, de qualquer forma o “jogo” é fora e às vezes somos forçados a jogar com as mesmas “armas” para se ser aceite. Não é o que tem sucedido em relação à economia? Fazemos o que para nós é correcto? Continuamos na fasquia do lixo!
As regras da festa estão viciadas e não se pense que é só no exterior que começa o boicote. Dentro há vícios, os amigos, compadrios, manias … Uma concorrência desleal!
As linhas telefónicas abertas? Será? Desconfio!
Vence = Canção de embalar = Má postura em palco para o que se espera num Festival Eurovisão da canção = outro poeminha adolescente.
Assim, nunca chegaremos lá! 
PN
  



2 comentários:

Manuel Luis disse...

E enquanto as regras não mudarem, ficaremos sempre quase em último.
Gostei da canção mas não da postura.
Portugal tem os melhores cantores do mundo mas não vão a festivais.
Bjs

Existe Sempre Um Lugar disse...

Olá, mais uma vez não vi o festival da canção, ouvi algumas criticas favoráveis e outra menos favoráveis, julgo ser um festival que perdeu o interesse entre os portugueses, sei que o cantor alentejano Jorge Benvinda concorreu, cantor que gosto de ouvir, aliais, tudo que é alentejano eu gosto, é a província dos grandes cantores, compositores, poetas, atletas, escritores, e muito mais.
Feliz fim de semana,
AG